Quinta-feira, 4 de Novembro de 2010

mão no bolso

      (imagem tirada da internet)

 

Não sou daquelas pessoas que passa os dias a falar (mal) do Governo, oposição e políticos no geral. Toda a problemática em torno da aprovação do orçamento passou-me praticamente ao lado. Não reclamo porque fecham centros de saúde, porque as SCUT passam a ter portagens, porque os ordenados da função pública são congelados ou porque cancelaram as novas contratações para organismos estatais. Posso até apostar que no meio do cabaz de compras não ía notar que o IVA das salsichas tinha aumentado e que o leite com chocolate estava mais caro. Simplesmente assumo que o "pessoal que governa" sabe, melhor do que eu, o que faz. Eu faço a minha parte quando exerço o meu direito de voto. A partir daí, aguento-me e pronto! Agora, quando vou à farmácia, com uma receita médica e reparo que 3 dos quatro medicamentos que fui comprar (sendo que este quarto não era comparticipado), subitamente encareceram...bem...aí esta "coisa toda" da crise e tal já me chateia....é que desses três, um deles é a pílula! Não pagava nada, e hoje paguei quase € 6,0. Ok. Não é por aí que vou deixar de a comprar. Óbvio. Mas isso sou eu, que ainda não tenho grandes encargos nem filhos para sustentar. Acredito que haja muita gente que entre comprar um contraceptivo para não ter mais criancinhas, ou com o mesmo dinheiro comprar o leite e o pão para os que já tem, opte por estes últimos. E podem dizer-me: "ah e tal, a pílula é o menos porque se quiseres podes ir buscá-la ao centro de saúde sem custos". Verdade. No entanto, há aqui uns pormenores importantes: a) muitas vezes não há em stock a pílula em causa; b) O centro de saúde tem um horário de atendimento para o levantamento da pílula de UMA hora por dia. c) Essa hora não é das 19h/20h, o que, como podem imaginar, reduz substancialmente o número de utentes que têm disponibilidade para lá ir. Moral da história: a crise passa dos media para a vida real quando o Governo nos vai directa e descaradamente aos bolsos.

 

 


publicado por dumbthoughts às 15:23
link do post | comentar | favorito
|
1 comentário:
De T a 10 de Novembro de 2010 às 10:05
E para quem tem filhos pequenos?!
Que as fraldas subiram substancialmente?!

Epah.. acho que isto tá cada vez mais.. ''marado''.
Porque andam tanto tempo a tentar conquistar coisas..reduzir certos iva's.. e colocar serviços a funcionar e não sei quê.. e depois.. fecham tudo.. mudam tudo.. e depois aí reparam.. 'ah e tal.. afinal o que conquistamos não fazia realmente falta'


Comentar post


. ver perfil

. seguir perfil

. 2 seguidores

.pesquisar

 

.Janeiro 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. regresso

. Já com um pé...

. Usefull things (or not)

. Para descontrair #1

. Thought of the day #4

. Para começar (mal) o dia....

. Thought of the day #3

. (quase) 30

. Peanuts

. Thought of the day #2

.arquivos

. Janeiro 2011

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

.tags

. todas as tags

.links

SAPO Blogs

.subscrever feeds